VOCÊ JÁ OUVIU FALAR DE EXTENSÕES DE MARCA? Deixe um comentário

Já abordamos em nosso blog sobre a extensão de marcas. Mas, esse assunto é muito mais vasto do que imaginamos.

Dentro dessa estratégia de marketing existem outras classificações, tão importantes para o posicionamento de um produto ou serviço no mercado, quanto o próprio conceito de extensão.

Mas, quais são elas?

Marca herói: é a mais valiosa da empresa e, portanto, merece uma fatia maior de investimentos dentro do marketing.

Além de venderem muito, essas extensões agregam mais valor à imagem da marca, elevam seu posicionamento frente à concorrência e podem chegar a um patamar mais elevado do que o planejado.
Um bom exemplo dessa estratégia é a gigante Microsoft Office.

Fabricante de dinheiro: como o próprio nome já diz, é forte do ponto de vista financeiro para a marca, mas não tem a visibilidade e a importância do fortalecimento da imagem como a herói.
A barra de cereal Neston exemplifica muito bem esse conceito.

Nicho de mercado: por se tratar de uma estratégia com um público alvo bem específico, apresenta um grande valor conceitual, porém, não é “campeã de vendas”.

A grande sacada dessa estratégia é não concentrar muitos esforços de marketing, pois os produtos não vendem muito e não colaboram para uma maior percepção da marca.

Trocando “em miúdos”, ela serve mais para “marcar território” no mercado.
Exemplo desse conceito: Colgate Plax Sensitive

Dreno: os produtos que são comercializados através desse mecanismo de marketing apresentam um limitado valor conceitual e financeiro. No que diz respeito ao volume de
vendas, são considerados razoáveis e não afetam negativamente a marca.
Como o próprio nome já diz, essa estratégia serve para “drenar” os recursos de marketing da empresa.

Além disso, esses produtos servem como uma forma de “egocentrização” da marca e são feitos para adentrarem em qualquer mercado porque não têm um público alvo específico.
O aparelho de depilação Bic representa esse tipo de estratégia.

Mas, além destes 4 conceitos, podemos ainda citar um último que, por muitas vezes, dificilmente é identificado. O vândalo de marca.
Exatamente como o seu nome já diz, esses produtos prejudicam a marca porque não apresentam um bom resultado de vendas ou porque fogem demais do conceito de valores centrais do produto principal.

Para que você entenda melhor, podemos dizer que ele é, basicamente, o resultado negativo de uma estratégia de marketing.
Os produtos eletrônicos da Mormaii podem ser considerados vândalos de marca.

Gostou deste conteúdo? Acompanhe também o texto que fizemos sobre o conceito de “marca guarda-chuva” ou umbrella brand no link https://lummiepi.com/post/marca-guarda-chuva-e-extensao-de-marca/.

Curta e comente nossos conteúdos, queremos interagir com você!

https://www.instagram.com/lummie.pi/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho de Compras

close