Universidade de Negócios lança disciplina inovadora na área de Mkt Digital Deixe um comentário

É preciso se reinventar

A chamada “era digital” chegou com força total em praticamente todas as áreas de negócios. Da padaria da esquina ao e commerce de importados, o marketing digital tem caminhado a passos largos, especialmente do ano passado para cá, período em que os pequenos empreendedores, em razão da pandemia, aderiram às vendas pela internet como uma forma de continuar atendendo seus clientes e até mesmo expandindo suas vendas.

Fique atento

Produtos e serviços na “palma das mãos” era algo que nós, consumidores, esperávamos ter num futuro próximo, e a necessidade de atender a um público cada vez mais digital acelerou, e muito, este processo. Mas, ao contrário do que muita gente pensa, a internet não é uma “terra sem leis”.
O código de defesa do consumidor, no artigo 49, parágrafo único, dispõe sobre a chance de arrependimento do consumidor de até sete dias após a assinatura do contrato ou do recebimento da mercadoria, desde que feitos fora do ambiente comercial. Caso haja então este arrependimento de compra, o dinheiro deve ser devolvido, de forma integral, ao consumidor, com as devidas correções monetárias. Existe, claro, a prática da boa fé por parte de fornecedores e compradores para que o direito de um não viole o do outro.

Confiança, acima de tudo!

Empreendedores, por outro lado, devem oferecer fidelidade naquilo que oferecem nas plataformas digitais de compra e venda. Detalhes como cor, tamanho, peso, formato e valores devem ser esclarecidos, de forma acessível, a quem está comprando. E para serviços, tudo que envolve aquele contrato de prestação deve estar disponível de forma legível.

 

Dentro dessas e de tantas outras situações de direitos e deveres que permeiam o meio digital, é de suma importância que empresários se atentem para não cometerem erros conscientes, e para que possam oferecer serviços de alto nível aos seus clientes, pois, além da comodidade de ter esse acesso mais facilitado pelo digital, eles buscam, principalmente, garantias de que irão receber o produto ou serviço contrato.

A aplicação do conteúdo na prática

A Universidade de Negócios, uma parceria da Unisecal e Acipg (Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa), lançou no curso de MBA em Marketing Digital, a disciplina Direitos e Deveres no Meio Digital, desenvolvida pela Advogada, Mestra e Doutoranda em Propriedade Intelectual, Samaira Siqueira, justamente para abordar de forma mais profunda e específica deste assunto tão atual e importante.

Especialista na área

“Me senti muito honrada com a oportunidade de ministrar esta disciplina dentro do curso, onde pude transmitir para os alunos a importância de observar as leis atinentes ao ambiente virtual. Confesso que foi um desafio condensar, em alguns encontros, os pontos mais importantes de diferentes legislações como Código de Defesa do Consumidor, Lei do Comércio Eletrônico, Lei da Propriedade Industrial, Lei de Direitos Autorais, Lei Geral de Proteção de Dados, dentre outras, porém busquei trazer os principais desafios a serem observados em cada uma delas”, explica Samaira.

Além de trabalhar com a proteção de ativos, a Lummie Propriedade Intelectual https://lummiepi.com/apoia iniciativas de disseminação do conhecimento e busca trazer conteúdos informativos que agreguem aos seus clientes.

E você, tem dúvidas sobre o marketing digital?

Deixe sua participação nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho de Compras

close